Páginas

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

A Universidade como Ensino Superior

A Universidade do Estado do Amazonas / Núcleo Humaitá no âmbito das faculdades que lhe são atribuídas exerce plenamente o seu papel de núcleo de Ensino Superior. A priori, é preciso salientar que a Educação Superior não é e não pode ser encarada como uma aglomeração de alunos em uma sala, onde o professor vai à frente da turma, "joga" o capítulo para a base do estudo e a partir daí, a responsabilidade é do aluno, como acontece em muitas Instituições que não tem compromisso com a missão para a qual foi criada.
Esse tipo de comportamento, principalmente com os calouros, pode ser fator desmotivante para a grande maioria dos acadêmicos que, como diz nossa Gerente Acadêmica, professora Rose, "é preciso que o aluno se apaixone pelo curso", é ainda fator determinante para que ele passe a encarar a Universidade como uma pedra no caminho e não a trilha certa a seguir.
A UEA/Humaitá se preocupa com sua obrigação moral de levar não apenas aos seus acadêmicos o ensino superior, como também em disponibilizar para a comunidade oportunidades de participar de um processo que de alguma forma pode transformar sua qualidade de vida.
Uma gestão de qualidade pode fazer toda a diferença quando lidamos com educação e que o compromisso abre muitas portas e dá estímulo às pessoas que participam desse processo ensino-aprendizagem. Quando me refiro a uma gestão de qualidade, não falo especificamente da gestora, mas sim de todo o corpo da Universidade, como seus administrativos, bibliotecários, limpeza, porteiros e todos os acadêmicos, que na nossa Instituição, entendem a importância de seus cursos e fazem disso uma ponte entre a Universidade e a comunidade.
Muitas pessoas já ouviram o tipo de discussão entre acadêmicos e até professores em relação às duas Universidades da cidade, no sentido de que há uma rixa, por motivo principal de uma ser federal e a outra, estadual. O que mais incomoda é que são discussões bobas, de pessoas desinformadas e que deveriam procurar estabelecer uma parceria entre as duas Instituições, que com certeza, seria muito mais produtivo do que discutir, sem ter know how nenhum, a importância de uma ou outra.
No início deste ano, a UEA desenvolveu um planejamento estratégico que visava captar novos cursos para este Núcleo. Através de um seminário, organizado pelo corpo administrativo e gerência, procuramos ouvir sugestões e opiniões de vários representantes dos principais segmentos da sociedade (todos foram convidados- nenhum vereador veio, sendo que apenas o Terrinha e o prefeito Dedei Lobo se deram ao trabalho de mandar um representante). Com a presença de representantes do INCRA, IDAM, IBAMA, Colônia dos Pescadores, Professores da UEA, Corpo Acadêmico, ONG's, entre outros, esta iniciativa teve uma repercussão muito boa em Manaus, já que foi fundamentada e recebeu vários elogios, e consequentemente recursos a este Núcleo.
Hoje o Núcleo de Humaitá conta com laboratórios bem equipados de informática, de anatomia, e de matemática, material de primeira qualidade para práticas de atividades físicas em várias modalidades, e uma biblioteca com um acervo bem qualificado. Existe um projeto em andamento de Inclusão Digital para alunos do Pró-Jovem, de autoria da acadêmica Elisa Andreotti, do Curso de Tecnologia, Existe um outro projeto a ser realizado com crianças do Nível Fundamental das escolas do município, de autoria da acadêmica Elizabeth Mendonça, do Curso de Educação Física, e ainda a Semana do Cuso de Tecnologia em Análise e Desenolvimento de Sistemas, que acontece em maio de cada ano, em que os acadêmicops realizam seminários entre outras atividades referentes, além da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que será realizada em outubro e como não poderia deixar de ser, o Curso também irá participar ativamente.
O Curso de Matemática elaborou no período passado uma exposição dos projetos de pesquisa de todos os acadêmicos, inclusive os da especialização; a turma de Educação Física realizou ontem (1º/09 - Dia do Profissional de Educação Física) um passeio ciclístico visando alertar a população sobre os prejuízos que o sedentarismo causa à saúde.
Ao contrário do que possa parecer, eu não escrevi este artigo para exaltar a UEA em detrimento da UFAM, já que citei somente projetos da UEA. A questão é que apenas tenho conhecimento desses, o que não quer dizer que a UFAM não tenha os seus projetos e desenvolva ações de cunho social, mesmo porque por várias vezes fomos convidados a participar de eventos que ali são promovidos.
Para finalizar, quero dizer que o município de Humaitá é privilegiado por contar com duas Instituições tão renomadas com cursos importantes para o contexto da nossa região, e que seus alunos reconheçam isso e entendam que a parceria é a melhor forma de fortalecer a educação superior, sabendo que um curso pode ser complementar do outro, e não rival.
Alisson Ximenes
Assist. Adm. da UEA

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Antonio Nina - Funciónário da UEA e graduando na UFAM.4 de setembro de 2009 22:04

    Aí Alisson,
    Como você mesmo declarou que foi várias vezes convidado para participar de eventos na UFAM, e pelo visto não atendeu a NENHUM dos convites, gostaria de lembra-lo do Projeto Caça Garrafa, e assim que tiver outro evento na UFAM, te convido pessoalmente,ok
    Admiro muito o sistema de ensino da UEA, e até comento com meus amigos a diferença que há entre as duas instituições de ensino, porém não aceito ninguém falar da instituição a qual estou me graduando (ih! foi mal, a minha é federal!) e não aceito falar mal da instituição a qual trabalho (fiz por onde merecer).

    ResponderExcluir
  2. inicialmente, agradeço a sua atenção por ter acessado o blog e ainda de ter comentado este artigo.
    infelizmente, eu já esperava reações como a sua, apesar de eu não estar criticando essa renomada Instituição de importância considerável na educação de âmbito nacional.
    Eu apenas fiz uma colocação particular da didática utilizada por certos professores, que não tem preparação para trabalhar com educação superior, o que não quer dizer que eu esteja certo. Esse é um espaço democrático e cada um pode fazer a sua colocação.
    Eu não estou generalizando, e nem seria irresponsável em fazê-lo, mas como em toda profissão, existem bons e maus profissionais.
    Realmente eu não participei até o momento de nenhum projeto da UFAM, mas como você sabe, o tempo de quem trabalha diuturnamente é bastante escasso, mas admiro todas as pessoas que usam seu tempo e conhecimentos para criarem ações que transmitam coisas positivas para quem vê.
    Para finalizar, acho louvável o seu projeto Caça Garrafa e tenho certeza que se as pessoas tomarem-no como exemplo, a qualidade de vida da comunidade vai melhorar extraordinariamente.
    Aproveito a deixa para divulgarmos seu projeto neste humilde blog, que já tem alguns leitores espalhados por algumas cidades de outros estados inclusive.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olha só... estou ficando chique!!!:D

    --------------------------------------

    É isso aí a UEA é D+++

    ResponderExcluir

Sua opinião é o termômetro do blog e você pode ajudar a melhorá-lo. Gostou da postagem? Comente.
Por ora, estão suspensos os comentários anônimos. Para fazer um comentário, é necessário estar logado em sua conta google (hotmail, gmail, etc.).